Inbound Marketing: Como Vender Mais Através da Internet

    Inbound Marketing: Como Vender Mais Através da Internet

    O modo de comprar mudou, e isso significa que você precisa vender de maneira diferente. Cerca de 60% das compras são decididas antes do cliente fazer contato com o vendedor por meio de pesquisas na internet. Por este motivo, as estratégias de Inbound Marketing tem proporcionado resultados extraordinários a quem sabe aplicá-las.

    Por muito tempo, os fornecedores e as marcas eram detentores do poder sobre o cliente. Mas agora, com a Era da Internet, o conhecimento ficou mais acessível. As opções se diversificaram, aumentando o poder decisório dos consumidores.

    Hoje, o público olha mais para a palma da mão do que para um outdoor. De acordo com pesquisas, os brasileiros passam em média 9 horas por dia conectados à internet, sendo 4 horas em seus smartphones. E cerca de 4 a cada 10 usuários já fizeram ao menos uma compra usando os celulares.

    Assim, se o seu objetivo é acompanhar as necessidades do mercado e atendê-las, você precisa atualizar sua empresa para crescer. Seja bem vindo ao universo do marketing digital, com todas as novas possibilidades que ele oferece!

    O Universo do Marketing Digital

    O marketing digital é a completa junção de estratégias para promoção de uma marca na internet. É tirar do papel e disseminar, ampliando exponencialmente o alcance do público de uma empresa. Difere-se do marketing convencional pois usa canais online e permite o monitoramento de resultados em tempo real.

    Porém, apenas ter um site, uma página nas redes sociais e enviar e-mails informativos esporádicos não garantem resultados. Para gerar vendas, você precisa ir além das curtidas nas redes sociais. É preciso olhar para todos os canais de relacionamento online e avaliar o retorno sobre investimento (ROI), buscando fazer a diferença. Para isso, existe a metodologia Inbound Marketing.

    O que é Inbound Marketing?

    O Inbound Marketing é o marketing de atração, voltado a dados e crescimento, sem ser invasivo. As estratégias de Inbound Marketing precisam entregar informação de qualidade aos consumidores, diferentemente de apenas ter um site e redes sociais. Este aspecto é o que estabelece um genuíno relacionamento com o cliente ao longo do processo de compra, aliando menor custo, comunicação interativa e foco em métricas de resultados.

    A principal diferença entre o marketing convencional e Inbound Marketing é a relação com o cliente. Por exemplo, no Inbound, quem vai até a empresa é o consumidor através do conteúdo acessado em blogs, palestras, infográficos e e-books. Já no marketing convencional, também chamado de Outbound, a empresa é quem vai até o consumidor, às vezes de modo invasivo, por meio de outdoors, panfletos e propagandas de rádio/TV.

    Outra grande diferença é a qualificação do público: no Outbound utiliza-se um público genérico, exigindo maior esforço no fechamento das vendas. Já no Inbound, seleciona-se especificadamente o público ao qual se direciona a ação, de acordo com o  interesse naquele produto/serviço, aumentando as vendas.

    Deste modo, os principais benefícios de se utilizar o Inbound Marketing são:

    1. Resultados mensuráveis: as estratégias online são mais facilmente rastreáveis e adaptáveis de acordo com objetivo proposto.
    2. Aumento de receita: maiores oportunidades de fechamento de negócio são identificadas e priorizadas.
    3. Ganho de produtividade: menos tempo preocupando-se em adquirir clientes e mais tempo focando em atendê-los com a melhor qualidade possível.

    O Funil do Inbound Marketing

    Para obter estes benefícios, a estratégia mais utilizada é o funil de vendas do Inbound Marketing. Este funil possui 5 etapas em ordem lógica: atrair, converter, relacionar, vender e analisar.

    1. Atrair: ter um site é fundamental, porém mais importante é atrair visitantes. Para isso, existem 3 formas complementares. A primeira é produzir conteúdo de qualidade por meio do marketing de conteúdo, sendo este a verdadeira moeda de troca da internet. A segunda é otimizar este conteúdo para gerar tráfego de modo orgânico, por meio das técnicas de SEO que facilitam para mecanismos de busca como o Google encontarem o conteúdo. E a terceira é comprar mídia, ao modo da publicidade paga do Google e Facebook, com foco atrair clientes no curto prazo.
    2. Converter: a conversão é o ato de conseguir um contato de um visitante passível de tornar-se cliente. Esta etapa pode ser feita com ofertas relevantes em páginas de captura, oferecendo materiais como e-books, infográficos, módulos de cursos ou palestras gratuitas.
    3. Relacionar: é a fase que vai preparar os possíveis clientes para poder fechar um negócio, transformando-o em um lead. Um dado relevante é que apenas cerca de 3% do mercado em potencial está pronto para fechar um negócio. O relacionamento é chave para despertar o interesse, sendo o email marketing uma ferramenta valiosa para isto.
    4. Vender: é a etapa de fechamento. Para isso, é necessário manter as equipes de vendas e marketing alinhadas, focando nos contatos aos leads já qualificados através de ofertas de valor, aumentando as possibilidades de fechar pedidos ou contratos.
    5. Analisar: por fim, é essencial avaliar os resultados e o retorno sobre investimento de todo o processo. Este monitoramento ocorre em todas as etapas, em análises diárias, semanais e mensais, visando sempre otimizar mais a estratégia.

    E você, qual sua estratégia digital? Utiliza os canais online para adquirir receitas recorrentes?

    Aumente agora suas vendas com a utilização do Inbound Marketing. A NeoIdeas Agência Digital pode te ajudar, clique aqui e faça contato conosco para estabelecermos um plano de ação em marketing digital de resultados para seu negócio.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *